domingo, 3 de junho de 2012

Quando a cirurgia da escoliose é no adulto

Oi gente!!!!! Andei sumida né? Mas hoje, domingão, estou aqui para compartilhar com vocês a história da Verônica, que descobriu a escoliose com 7 anos e só foi operar depois de 43 anos....

A coragem e segurança que lhe faltou ao longo dos anos, veio com a ajuda de um psicanalista. Eu a conheço pessoalmente e ela é o máximo. Uma mulher incrível! Depoimento de gente guerreira. Leiam só:


"Descobri a escoliose com sete anos, porque na minha época era obrigatório fazer um exame na escola chamado, abreugrafia. Ali apareceu a escoliose. A partir de então, minha mãe começou a busca por tratamento e médicos. Entrei na natação e nadava uma hora por dia, cinco vezes por semana. Além disso, fazia fisioterapia na ABBR (Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação). Quando eu estava com 11 anos perceberam que a escoliose estava piorando e que precisavam contê-la. Comecei então a usar o colete de Milwaukee e fiquei com ele até os 15 anos. A escoliose estabilizou. O mais estranho é que depois que o médico me liberou, demorei cinco meses para me libertar de verdade dele. Aquilo era o meu braço. Sem o colete me sentia totalmente insegura. Tudo isso mexe muito psicologicamente também, mas consegui administrar muito bem. Achava que o meu problema não era nada perto de outros que eu via na ABBR. O meu próprio médico me pedia para conversar com os adolescentes que não queriam usar. Até consegui namorar com 14 anos, enquanto usava o colete. Mas foi tudo muito sofrido. Eu sentia muitas dores. Tinha uma ferida crônica no queixo e nas costas, por causa do atrito na pele. Mas sempre tentei me superar. Minha mãe fez tudo que ela pôde por mim. Até médico na Escócia ela marcou. Com o tempo o desvio foi piorando, a ponto de perceber visualmente, e as dores ficaram mais presentes e mais fortes. Com 40 anos procurei um médico e aí escutei que tinha escoliose progressiva. Decidi não operar nessa época e piorei demais. Depois de anos, o meu psicanalista me ajudou muito e foi fundamental para eu me libertar e me sentir segura para operar. Oito meses depois, me operei nos EUA, com 50 anos de idade e 82 graus de escoliose. Fiz a minha escolha de médico, avaliando quais eram as técnicas utilizadas por ele. Acho que temos que ficar atentas a isso. A cirurgia foi a minha liberdade. Para quem está insegura de realizar a cirurgia, tenha consciência de que não é só a estética que está em jogo. Você está colocando órgãos fundamentais, como o coração e o pulmão, em risco. Não pode deixar para lá. Nunca, nunca pare de fazer atividade física. Essa é a minha maior dica. Ela é fundamental para a parte respiratória, muscular e mental. Isso ajuda a sustentar a coluna e foi o que mais me ajudou a vida inteira, inclusive na hora de operar. Outra dica é não ter medo de escutar várias opiniões médicas, para se sentir o mais segura possível na hora de tomar sua decisão." (Verônica Santanna, 54 anos, Psicopedagoga — Rio de Janeiro, Brasil) 


16 comentários:

Erica felix disse...

Muito interessante e incrivel essa história da Vêronica,super corajosa...Póis eu tenho 9 meses de operada e tou usando esse colete q ela falou,no começo eu não queria só chorava agora eu não me imagino eu sem o colete,quando eu tiro pro banho fico muito insegura e com medo.....rsrsrrs....PARABÉNS VÊRONICA..foi o melhor q vc fez.......bjos

Crooked Spine disse...

Nossa que história incrível ,realmente ela foi uma guerreira =)

Edinete Almeida disse...

Adorei...é por isso que eu já fui em vários médicos.As pessoas falam pra mim " Nossa, você não se cansa?" Acho que Deus prepara o melhor pra gente.

Anônimo disse...

QUANTOS GRAUS A VERONICA TINHA AOS 14 ANOS?

Anônimo disse...

poxa como vcs são corajosas , pois eu tenho q operar mais estou com muito medo , tenho 47 anos e estou mesmo com muito medo ...

Ana Paula Teixeira disse...

Olá,parabéns pela coragem!! Estou me preparando psicologicamente para agendar a minha. Porém tenho 47 anos e 53 graus...Quantos graus vc tinha antes e depois? Ficou com alguma restrição de movimento ? O método foi diferente ao usado no Brasil?

Julia Barroso disse...

Olá Ana Paula, eu tinha 60 graus com 19 anos. Fiquei com mais ou menos 30 depois da cirurgia. Tenho movimentos normais. Grandes bjos e boa sorte!!!

Anônimo disse...

olá gente ,tenho 35 anos e estou pedindo a DEUS que me der força para encarar a cirurgia .. Sérgio Souza salvador-ba.

Leticia Rachel disse...

No próximo dia 25 vai completar tres meses da minha cirurgia. Tenho 48 anos de idade e meu médico chegou a medir 95 graus de desvio. Também lutei contra a escoliose desde a adolescencia quando descobri aos 12 anos de idade ja estava com 38 graus e quando tirei o colete de milwaukee aos 15/16 com sentença de cirurgia ja passava dos 48 graus. Abandonei o tratamento e fui viver minha vida. Casei tarde, aos 26 anos e fui aconselhada a não engravidar para não piorar o problema. Claro que não segui recomendações médicas e tive 2 filhos, um aos 28 anos e outro aos 36, o que realmente agravou muito, e além de tudo engordei demais, cheguei a pesar 92 kgs com 156 de altura, meio que inaceitável, mas enfim! Difícil foi encontrar um médico corajoso no Brasil que olhasse meus exames e dissesse que sabia como me ajudar. Cansei de ouvir de vários médicos que depois dos 40 anos não adiantava mais fazer esta cirurgia. A conselho de um neurocirurgião entrei na fila do INTO e esperei 4 longos anos por uma primeira consulta, para ouvir do ortopedista que eles so estavam colocando na fila de cirurgia adolescentes pois uma cirurgia como a que eu precisava demoraria até 12 anos para chegar a minha vez. Busquei muito a Deus, orei muito para que Deus me mostrasse um médico e me desse condições de poder operar, pois as dores eram insuportáveis e precisei inclusive ser afastada da minha profissão. Há tres meses atras, pude realizar este sonho.... Graças a Deus conheci meu médico, que para mim é mais um ANJO do que uma pessoa, pois ele foi o ÚNICO em toda a minha vida ao longo de longos 36 anos a me tratar com carinho e me dar esperança . Ele me deu a confiança que eu precisava para encarar o desafio, pois realmente é algo assustador! alguém dizer que você precisa implantar 28 parafusos e duas hastes de titânio na sua coluna! eu morri de medo a vida inteira, é natural, mas o sofrimento chegou a tal ponto que isso passou a ser encarado com naturalidade por mim. Como consegui operar? Paguei um bom plano de saúde - declarei o pré-existente - cumpri a carência - e o plano cobriu tudo, inclusive agora que vou precisar fazer a fisioterapia. Enfim! ainda não terminou, tenho muito chão pela frente, mas agora que as dores da cirurgia passaram, me sinto ótima e confiante, respiro bem pela primeira vez na vida, posso andar de cabeça erguida! Me sinto literalmente outra pessoa. Não vou te enganar que foi fácil e nem está sendo ainda, mas pela fé eu creio que já estou a caminho de um futuro melhor. É fato que decisões como esta tem o poder de influenciar até mesmo a nossa personalidade, pois tenho certeza de que descobri que eu era muito mais corajosa do que jamais imaginei, e isso vai refletir em outra áreas também, com certeza! Um abraço a quem leu, espero ter te ajudado, pois eu também li muitos depoimentos como este antes de tomar a minha decisão.

Anônimo disse...

Leticia tenho 30 anos meu nome é Edna e desde que nasci descobriram que eu tinha a escoliose e só cirurgia resolve...minha mãe na época que nasci me levou há um ortopedista mas naquela época a medicina não era avançada como a de hoje.E esse ano de 2015 estou disposta a correr atras do mei sonho...vc me enxeu de esperança com suas palavras a cima.Entre em contato comigo pelo o meu e-mail para a gente conversar mais e para vc tirar minhas dúvidas edna.dantas2006@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá meu nome e Michele tenho 30 anos, eu estou a quase um ano com dores insuportáveis na coluna tenho escoliose
já fiz fisioterapia (100 sessões) infiltração, nada adianta, já passei por vários especialistas estou usando colete a 3 meses, já tomei vários remédios injeções de corticoide eu estou inchada e a dor não passa, eu passo um dia bem e vários ruins , eu estou afastada do meu trabalho sou auxiliar de educação infantil , e em casa não consigo me mover direito qualquer movimento dói muito, quando a dor piora fico em observação no hospital ,tomo medicação me sinto melhor e no outro dia tudo de novo , então já não sei oque fazer !alguém tem alguma dica para aliviar essa dor?
obrigada, abraço!

Julia Barroso disse...

Oi Michele, a escoliose não costuma apresentar essa dor aguda. Você já procurou saber se tem hernia de disco?

Grazi Domingues disse...

Ola meu nome grazi tenho 30 anos e descobri que tinha escoliose com mais ou menos 12 anos, usei o colete por um bom tempo mais nao adiantou nada para mim, tenho 2 filhos uma menina de 10 anos e um menino de 11 meses, minga filha eh uma criança especial, entao eu tenho que pega-la no colo varias vezes ao dia, os medicos ja falaram que isso prejudica muito minha coluna, hoje meu maior sonho eh fazer a cirurgia para cuidar melhor dos meus filhos, pois para mim esta cada vez mais dificil tanto pela dor como psicologico as vezes me vejo chorando pois preciso pedir ajuda a alguem para cuidar da minha filha para dar banho e etc, meu medico disse que a fila do sus para a cirurgia eh muito grande, eu sempre estou pesquisando valores da cirurgia sonhando no dia que terei condiçoes de pagar e enfim me livrar da escoliose, infelizmente a escoliose meche muito com meu psicologico pois ja sofri muito por ser uma escoliose que todo mundo conaegui ver sempre tive apelidos do tipo tortinha, robocope por causa do colete, anjo por que falavao que por baixo da minha camisa tibha asas etc, eu fico muito feliz em ver o relato de vcs isso me da muita esperança e so aumwnta minha vontade de fazer essa cirurgiA, meninas quem quiser fazer amizade me mandw um e-mail janagrazisouza@yahoo.com.br

Obs: minha filha eh especial mais nao eh por causa da minha escoliose o probleminha dela nada tem a ver com o fato de eu ter eacoliose.
Boa noite meninas

Unknown disse...

Oi, tenho 42 anos e tenho escoliose, perguntei o meu medico sobre a operação, pois a escoliose esta me dando outros problemas de saude, mas ele ñ me respondeu, estou em tratamento RPG, musculação, mas creio que essas coisas ñ resolvem muito, ñ sei o que fazer, me ajudem

Unknown disse...

Tenho 42 anos e tenho escoliose meu médico mando que eu ficese 20 seção de fisioterapia será que vai resolver?

Sonia Ferreira disse...

Tenho 42 anos e tenho escoliose meu médico mando que eu ficese 20 seção de fisioterapia será que vai resolver?

Postar um comentário