quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Programa de triagem nas escolas

Pessoal, este assunto é muito importante e é por isso que vou continuar batendo nesta tecla para sempre: PROGRAMA DE TRIAGEM DA ESCOLIOSE NAS ESCOLAS. Esta é uma ação fundamental para a detecção precoce da doença, já que é na escola que a maioria das crianças e pré-adolescentes passam grande parte do tempo. Na minha nunca teve e sei que na maioria não têm. A gente fica contando com a sorte de parentes ou amigos que percebam alguma alteração nas nossas costas e aí sim correr para o médico e diagnosticar a doença. Imaginem quantas pessoas acabam descobrindo tarde demais???

Muito a frente de nós, obviamente, estão países mais desenvolvidos. Nos Estados Unidos, por exemplo, existem programas nas escolas, desde o início dos anos 60. Tudo começou no estado de Minessota, por um programa voluntário com base em exame clínico. Em 2003, 21 estados já haviam legislado a triagem nas escolas, 11 recomendam sem legislação e o restante ou têm voluntários ou não recomendam. Que diferença! Até onde eu sei, no Brasil não estamos nem minimamente perto disso.

No Japão, o programa de triagem escolar é obrigatório por lei, mas tudo acaba dependendo do comitê de educação local, já que cada um se encarrega de seu próprio programa. Mas tudo bem, só de ser obrigatório já conseguimos entender o tamanho da importância que se deveria dar a escoliose em todos os cantos do mundo. Infelizmente, isso não acontece.

Vejam na figura a triagem nos EUA . A bolinha amarela são os estados legislados, as pretas os recomendados e as vermelhas os não recomendados.


2 comentários:

Malu disse...

Julia, não sei se foi isso que você quis dizer com esse post, mas amanhã vou falar com a coordenadora da minha escola, nem que seja pelo menos para lançar a ideia :)

Julia Barroso disse...

Sim Malu, foi sobre isso sim. Vamos começar a lançar a ideia!

beijos

Postar um comentário