quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Depoimento de quem teve pavor da passar pela cirurgia

Bom dia gente!

Hoje vou compartilhar com vocês a história da Elaine Barcelos, uma menina que descobriu a escoliose aos 11 anos e teve a fisioterapia como sua maior aliada na luta contra a escoliose! Tanto, tanto, que se formou na área.

Leiam o depoimento dela:


"Oi pessoal, meu nome é Elaine Barcelos, tenho 25 anos e venho hoje aqui dividir um pouquinho da minha história com vocês. Aos 11 anos durante as férias na praia, uma prima reparou algo de estranho na minha coluna. Como tinha cabelos longos, que quase sempre estavam soltos, aquele fato nunca havia chamado atenção antes. De imediato meus pais ficaram muito preocupados e marcamos uma consulta com um médico ortopedista, que todos diziam ser referência para o tratamento da coluna. Saímos de Teresópolis e fomos para uma cidade vizinha, no consultório do tal médico. Depois de me examinar, ele deu o diagnóstico da escoliose e disse que eu precisaria ser operarada o mais rápido possível. Na hora ficamos assustados e ele foi descrevendo como seria o procedimento cirúrgico, o que me deixou ainda mais apreensiva e com medo de ser submetida àquela operação. Diante disso, meu pai perguntou se haveria alguma outra opção de tratamento e ele nos sugeriu o colete. Apesar de todos os inconvenientes do uso do colete, optei por ele para tentar fugir da cirurgia. Um ano se passou. O colete era usado por 23 horas, todos os dias, e no final até tive uma melhora, mas insuficiente para escapar daquela cirurgia. O médico então disse que as possibilidades haviam se esgotado e que eu precisava ser operada. Continuei falando para os meus pais que não queria ser submetida à cirurgia e nesse meio tempo um amigo da família nos indicou uma clínica de Fisioterapia no Rio de Janeiro que tratava pacientes com alterações posturais. Naquele momento a clínica era nossa última esperança, fomos para o Rio e a partir de então tudo mudou na minha vida.  Tive a sorte e o privilégio de ser tratada pela Dra Patrícia Ítalo Mentges, que com toda a sua dedicação e a ajuda de outros fisioterapeutas da clínica, desenvolveu um trabalho incrível e intenso. Começamos com três sessões semanais e o tratamento perdurou durante todo o período de crescimento. Os resultados foram ótimos, o colete tornou-se desnecessário, eu me sentia cada vez melhor e esteticamente falando, estava cada vez mais no centro. Aos 16 anos tive alta e aos 17 decidi prestar vestibular para Fisioterapia. Aos 18 ingressei na Universidade Federal de Juiz de Fora e aos 24 me tornei Fisioterapeuta, com a ilustre presença da Dra Patrícia Ítalo Mentges na cerimônia de formatura. Hoje em dia, procuro tratar os meus pacientes com todo o profissionalismo, carinho, dedicação e acolhimento que a Dra Patrícia teve comigo e com minha família em um momento tão delicado em nossas vidas. Além disso, agradeço muito aos meus pais por terem confiado em mim e por terem me dado a opção de escolha. No curso "Tratando a Escoliose - Uma visão contemporânea", ministrado pela Dra Patricia, tive a oportunidade de conhecer a Julia Barroso e hoje venho dar minha contribuição nesta bela iniciativa, que é o seu blog."

5 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Elaine, sua historia é um exemplo de determinação e luta, que vc seja uma fisioterapeuta cada vez mais realizada, td de bom pra vc!
RAFINHA!

Patricia Italo Mentges disse...

Julia querida, ao ler esse depoimento, fiquei extremamente emocionada... As lágrimas encheram meu olhos e meu coração ficou tão feliz!
Um filme passou diante de meus olhos e me lembrei de tantos momentos do tratamento com a minha querida Elaine.
Um ponto a enfatizar é a determinação dela. Esse componente foi fundamental. Em nenhum momento ela pediu para parar, reclamou ou não fez o que pedíamos. Foram muitos anos de dedicação e coragem da Elaine. Aprendi muito com ela, aliás todos os dias aprendo com as pessoas que eu atendo.
Rafinha, também estou na torcida por você!
Tudo de bom!
Espero que essa história possa servir de inspiração e motiva as pessoas a procurarem por um caminho de cura, de amenização e/ou de maior qualidade de vida!
ser feliz nessa vida deve ser nosso objetivo.
Beijos de todo coração...

escolise congenita disse...

Me chamo laura tenho 29 anos sempre tive escoliose congenita desde de nascencia e depois das minhas cesarias foi piorando e há dois anos piorou agressivamente e começou a prejudicar meu pulmão do lado esquerdo e já fazia dois anos que eu estava fazendo tratamento com o meu especialista Doutor josé olimpio ele é um anjo que jesus cristo colocou no meu caminho ele é especialista em cirurgia de escoliose mas o meu caso era muito raro ele nunca tinha feito uma cirurgia de risco como a minha seria poderia me trazer muitas complicações tanto neurologica como até ficar em uma cadeira de roda pra sempre mas eu não tinha escolha cada ano estava piorando cada vez mais o grau da escoliose até que um dia cheguei ter crises terriveis e decidi enfrentar o que vinha pela frente marquei uma consulta com meu medico Doutor Josè olimpio e marcamos a cirurgia pra agosto me internei quando chegou na hora de entrar pra sala de cirurgia o aparelho de monitoração da medula estava quebrado tive que arrumar minhas coisas e voltar pra casa,sai do hospital com a certeza que não iria mais fazer a cirurgia sai muito asustada do hospital pensando e se o aperelho tivesse quebrado na hora da cirurgia o que poderia ter acontecido comigo?ficou muitas perguntas na minha cabeça sem respostas e medo falava mais alto deixei pra là,mas não teve jeito as dores insistiram e depois de muitas orações de amigos e parentes eu mesma pedia pra Deus e nossa Senhora Aparecida tirar aquele medo que tinha ficado comigo,ai o medico remarcou pro dia dezoito de janeiro ai me internei com a certeza que iria dar tudo certo e a minha vida e os medicos jà estava sendo guiados por Jesus cristo e nossa senhora aparecida graças a luzes do bem deu tudo certo colequei dezesseis pinos não foi facil os dias no hospital foi muitas dores e lagrimas,fiz transfusão de sangue os primeiros dias foi muito dificil foram como os meus primeiros passos hoje fez dois meses ainda sinto dor está recente não sei como vai ser daqui pra frente mas tenho fé em Deus que logo volto a ter minha vida "normal"sei que não vai ser de uma hora pra outra o meu medico pediu afastamento do trabalho 8 meses acho que não vou mais exercer minha função de manicure vou ter que continuar como esteticista e depiladora sempre adiei a cirurgia com medo do depois,agora a Deus pertence agradeço a Deus em primeiro lugar,eu agradeço a Deus e depois ao meu medico que nenhum momento me escondeu nada sempre colocou em pratos limpos o que poderia acontecer no entanto que pros medicos a minha cirurgia foi a primeira feita no Brasil no meu caso,e a gravidade que jà estava há 29 anos nenhum medico nunca teve estudo e nem coragem de fazer a minha cirurgia por isso nunca desista se vc tiver um problema semelhante ao meu,nunca desiste do seu sonho,as vezes eu mesma me diminuia pelo meu problema,mas sempre segui em frente e muitas vezes me sentia inferior esteticamente pelo caroço que eu tinha na coluna,muitas vezes deixei de usar alguma peça de roupa as vezes era muito grudada e tinha vergonha passei a minha adolescencia assim hoje não me arrependo de nada sempre trabalhei na àrea da estetica graças a Deus sempre as pessoas foram abençoadas que trabalhavam comigo sempre me apoiaram em tudo e sempre me ajudaram nas hora das dificuldades,Deus nunca virou as costas pra mim sempre pedi força pra criar meus filhos,e confesso tinha medo de não ficar boa nunca deixe o desanimo,e pessos de má fé te desanimar vá em frente,nunca esqueça coloca jesus cristo e nossa senhora na frente de todos os medicos não importa a sua religião tenha fé.

Julia Barroso disse...

Oi Laura, muito obrigada por compartilhar a sua história! Sem dúvida um exemplo de vida. Parabéns por toda a sua luta e coragem.

Espero que vc esteja um pouco melhor das dores agora. Jajá não vai sentir mais nada.

Vamos nos falando. Bem vinda ao blog.

beijos

Stefani Dantas disse...

Olá Elaine. Vc tem sua clínica aqui no RJ? Tbm tenho escoliose preciso me tratar já tenho 25 anos e sinto muitas dores!

Postar um comentário