quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Cinco perguntas que os pais devem sempre fazer ao médico de seus filhos com escoliose

Achei esse artigo interessante e bastante importante para dividir aqui com vocês. Quando os pais recebem o diagnóstico de escoliose de seus filhos, é sempre aquele choque! Bate angústia, insegurança e milhões de dúvidas. Passado o susto é hora de erguer a cabeça e enfrentar o problema. Isso inclui procurar saber e entender qual o melhor tratamento para o caso. Esta é a hora de ouvir diferentes opiniões médicas e tomar uma decisão em família, sempre ouvindo também o que seus filhos tem a dizer (isso é muito importante). 

Mas enfim, o negócio é que este artigo, escrito pelo médico americano Dr.Brian Dovorany, ajuda os pais a terem em mente algumas perguntas importantes para decidirem como tratar seus filhos. Vale ressaltar que ele é um médico Quiroprata, ou seja, entende que há outros métodos viáveis de se tratar a escoliose, que não só colete e cirurgia. 

*Eu não posso e nem é meu objetivo entrar em uma discussão técnica aqui.  Quero apenas passar para vocês informações, que na minha visão, valem a pena uma pesquisa! 

Abaixo as cinco perguntas. No artigo ele explica o motivo de cada questão.


1. Existe alguma outra opção para meu filho que não seja "esperar e ver no que vai dar"?

2. Existe um teste genético que pode ajudar a avaliar o risco da progressão da curva?

3. Existem alguns efeitos colaterais de se usar o colete?

4. É preciso realizar uma Ressonância Magnética?

5. Existem atividades que podem prejudicar a escoliose do meu filho?


Link para o artigo completo

0 comentários:

Postar um comentário