terça-feira, 14 de junho de 2011

Colete: um mal necessário!

Pois é galera, o colete que somos obrigados a usar quando temos um significante desvio de coluna, é realmente algo muito, muito, muito difícil de lidar. Eles, sim eles no plural, já que existem diversos modelos, são incômodos, feios (ou horrorosos para quem preferir), inconvenientes e sufocantes. Porém, necessários! Não há modo de diminuir uma curvatura, durante a fase de crescimento, sem colete, ou em casos mais graves, cirurgias. E temos sim que usá-los durante as 23 horas solicitadas pelos médicos, pelo menos no caso do Milwaukee. Isso é muito importante e só assim existe uma chance real de uma boa progressão da ou das curvas. Para os que usam: não deixem de viver por causa disso ok! Vivam cada segundo e reaprendam a fazer as coisas que faziam antes, agora de outra forma. Mas, por favor, não deixem de usar. Muito menos por causa de vergonha. Esses são conselhos de quem já passou por isso e sabe muito bem como é difícil, mas completamente possível. Pensem no futuro de vocês!!!

Abaixo três modelos diferentes de colete para quem ainda não conhece:

  • MILWAUKEE: vai da cintura até o pescoço.


Eu, aos 12 noas, de colete de Milwaukee com meus primos.

Reparem só como o meu cabelo era comprido para tentar disfarçar o colete.

  • BOSTON: mais tranquilo de encarar, afinal só pega a lombar do paciente
.



  • CHARLESTON: utilizado somente a noite, mas segundo relatos é tão incômodo quantos os outros, já que é preciso dormir torto.



11 comentários:

Cacá Dominiquini disse...

Nossa Julia,
deve ser terrível usar os coletes, mas como vc mesma disse, um mal necessário.
que bom que temos a tecnologia ao nosso favor, né?
beijos e estou adorando o blog!
Cacá

Julia Barroso disse...

É terrível sim Cacá, uma tortura infernal.......

Que bom que tá gostando! Fico muito feliz!

um bjao

zizza disse...

Julia... o mas importante é que valeu, né? Nao foi facil nao, agente sabe!!! Adorei as fotos na minha casa em Portugal, que felicidade vcs juntos!!!
Que bonito trabalho, vc vai ajudar muitas vidas!!!
Um exemplo mesmo.

Te admiro e te amo sempre.

Julia Barroso disse...

Oh minha tia mais linda desse mundo. Te amo sempre também! Obrigada pelas palavras. Vc sabe bem como foi difícil né?

Que saudade de vc e dos meus primos!

um bj grande

Anônimo disse...

Olá Julia (: uso o colete Boston e minha mais velha usou o Milwaukee e o Boston . Sei como é muito difícil usar o colete , o que mais me deixa pra baixo é ter que lidar com a triste realidade diferente dos meus amigos e familiares . Emagreci mais de 5 quilos , agora devo estar com uns 40 quilos . Amei seu blog e espero que tenha dado um bom resultado através de tando esforço e que espero que no final dê tudo certo para mim (:

Julia Barroso disse...

Fica tranquila, essa fase vai passar!!! qualquer coisa estamos aqui para te apoiar.

Vai dar tudo certo, claro!

Grandes bjs

Anônimo disse...

eu tenho 13 anos e vou ter que usar isso... as pessoas vao zoar de mim na escola

Anônimo disse...

Queria saber onde vc comprou o colete de boston

Anônimo disse...

Oii, usei o colete de MILWAUKE por 1 ano e meio, no começo tive o mesmo pensamento que você, e tive vergonha, comentei com 1 amigo, ela me ajudou muito, mas no dia que usei o colete pela primeira vez na escola, lembro perfeitamente do olhar de todos que estavam no corredor, fiquei meio mal e um amigo percebeu ele pegou minha mochila me abraçou e entramos na sala ele ficou comigo e foi explicando para as pessoas conforme iam perguntando, todos me deram apoio, e foi bem diferente do que eu imaginava que seria, ninguém zuava, ficavam preocupados, mas não se preocupe com a zuacao por que as pessoas Podem reagiar de forma diferente

Anônimo disse...

eu uso colete e si como é difil

Anônimo disse...

eu uso e é muito dificil algumas pessoas acham estranho mas eu sei q de todo jeito vão tira saro da minha cara ou por eu usa o colete ou se eu ñ usa e ficar mais torta do q eu ja sou, o colete vou usar so por 4 anos mais se eu fica torta vai ser para a cida inteira

Postar um comentário